Relato pessoal

Eu, desejo, por meio deste pequeno relato, agradecer a oportunidade dos aprendizados adquiridos aqui na “luz de Asas”.

Ao chegar aqui nesta casa eu me sentia muito angustiada, triste, acabrunhada, oprimida. Sentia fortes dores pelo corpo. Tinha alguns medos, mitos e preconceitos.

Encontrei aqui, estudo, prática e várias sugestões de livros esclarecedores, fonte de estudo e aprendizado. Bem como o despertar para a prática da caridade verdadeira a “Luz do Evangelho de Jesus Cristo”. Visto que caminhamos com o desejo ardente da evolução e sendo ela pessoal, grupal e planetária, buscamos a nossa iluminação interior.

Recebemos muitas benções e buscamos crescer com os grandes desafios impostos no nosso dia a dia, com a certeza de que nunca estamos sozinhos e que vivemos pela graça de “Deus” deixo aqui uma frase de Allan Kardec.

“Nascer, morrer, renascer ainda e evoluir sempre. Tal é a Lei.”

Obrigada